A Horta do nosso Caracol tem movimentado pequenos e graúdos. São sementeiras, plantações, regas... um infindável número de atividades que a horta requer. Nesta época do ano, as cebolas, os repolhos, os tomateiros, os pimenteiros, as batatas... são plantadas nos canteiros na esperança de que a chuva os ajude a crescer. O tempo anda avesso às hortas e não promete a chuva necessária. Para algumas das plantinhas, colocámos algumas "estufas" para ver se haverá alguma diferença no crescimento destas plantas comparativamente às outras da mesma espécie. As plantas que escolhemos foram os pimenteiros e os tomateiros. No dia da plantação, as plantas colocadas nas covinhas tinham todas o mesmo tamanho. Colocámos um garrafão de  água vazio, com o fundo cortado e sem rolha a servir de estufa para seis plantas (3 tomateiros e 3 pimenteiros). As plantas recebem todas a mesma água e a mesma luz. a diferença está no ambiente criado; as plantas da estufa estão sujeitas a uma temperatura superior à das outras plantas. O fator temperatura é aquele que queremos avaliar "Será que a temperatura tem influência no crescimento das plantas?".

A Horta do Caracol Girassol é uma horta biológica e, por isso, os alunos fazem compostagem para ajudar a reduzir o lixo e aprenderem a produzir composto orgânico. Para que as pragas não destruam as plantas da horta, o projeto "A Nossa Horta", da Câmara Municipal do Fundão, através da técnica Susana, ensinou-nos algumas dicas importantes para podermos aplicar nesta primavera.

Este tem sido um projeto multidisciplinar e que tem encantado a pequenada das Atalaias.

publicado por EB1 Atalaias - profª. Filomena Afonso às 20:09